Edição online quinzenal
 
Quarta-feira 29 de Junho de 2022  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

Vai mais um COP!

12-11-2021 - Francisco Pereira

Parece que lá numa taberna para os lados da Hibernia, locais aos quais por essas longitudes apelidam de “pub”, como se taberna não fosse mais fácil, mas dizia eu que para esses lados, onde os homens usam saias mas chamam-lhes “kilts”, uma data de rapaziada graúda, os ditos importantes do Mundo estão reunidos para falar sobre o planeta, nomeadamente sobre a piela que este está apanhar, tanto assim é, que o pobre planeta, como dizia a excelente série humorista que passou pelas nossas televisões, um mero terceiro calhau a contar do Sol, está cheio de gases, e com febre, estão então todos aqueles senhores e senhoras, muito sábias e muito sábios reunidos para concertar um modo de dar conserto ao que está cada vez mais desconsertado, ainda que uns tenham antes optado por lhes dar um concerto, dar-lhes música pois então, que as hostes parecem tristes e precisam de alegria.

Dizem que esta é a vigésima sexta vez, que a rapaziada mundial se junta para falar sobre o Ambiente, sobre como poluir menos o planeta, sobre como não sujar o único sítio que suporta vida aqui pelos arredores deste sistema solar, ao que parece há uma trintena de anos que andam nisto, ao que parece, metem-se nisto dos COP’s e depois é que são elas, a ressaca deve ser tão tremenda que depois e passados os efeitos eufóricos dos eflúvios diletórios de Baco, parecem esquecer-se de tudo o que por lá disseram, bem como se esquecem por completo das papeladas que assinaram, a prova disso está no facto de que durante estes últimos trinta anos, o planeta está cada vez pior, a Natureza acossada, as florestas exterminadas, ⅔ do Mundo à míngua de água doce, outros tantos porém, com água salgada a mais, miríades de ilhas, ilhotas e ilhéus habitados, especialmente no Pacífico, incluindo Estados, correm o risco sério de desaparecer, isto enquanto os senhores do Mundo andam há trinta anos metidos nos COP’s a dar ar à boca, os que lá põem os pés, porque cretinos há que nem aparecem, suspeito que devem ter um Mundo deles, algures por aí.

Os dados científicos revelam que cerca de 30% das espécies classificadas do planeta correm risco de extinção. Falamos de 38 500 espécies, falamos de plantas, mamíferos, aves, repteis, anfíbios e corais, falamos de uma extinção em massa que se prepara, estou eu em crer, prenunciando a nossa própria extinção. ⅓ da superfície terrestre é desertica, os gelos nas calotes polares derretem, fazendo elevar o nível global dos oceanos o que reduzirá ainda mais a superfície de terra disponível para uma massa humana cada vez maior, somos cada vez mais, gastamos cada vez mais, exigimos cada vez mais e um dia a corda vai rebentar, nesse dia não haverá dinheiro que nos salve, mas bem antes disso, teremos de assistir a décadas de guerras, de massacres, de conflitos e desgraças que ainda sustentarão ilusões, os ricos gostam de ter ilusões, luxo a que um pobre não se pode dar, mas ilusões são mentiras, não são reais, por outro lado o que nos está reservado será realmente pavoroso.

Enquanto a tragédia vai desfiando os seus actos, os poderosos continuam a fingir, vão obviamente continuar a fingir, tentando tapar o Sol com a peneira, mas vai chegar um tempo que será impossível esconder a realidade, nesse dia será o acordar, será o ter forçosamente de assumir, tudo aquilo que nunca assumiram anteriormente e que nos poderia ter salvo, assumirão finalmente que estamos condenados, mais uma vez felizes os ignorantes, que desaparecerão sem sequer perceber o que lhes aconteceu, podem até dizer-me que sou catastrofista, que sou ave de muito mau agoiro, mas olhem para o Mundo lá fora, olhem verdadeiramente com os vossos olhos, sem monitores sem ecrãs de telemóveis, sem redes sociais, olhem para o Mundo que desaba, os insectos polinizadores que quase desapareceram,a água essencial para a vida que rareia, poluída sem remorso pelos mesmos idiotas que dela necessitam desesperadamente para estarem vivos, enquanto o edif í cio desaba, numa qualquer cidade do Mundo, numa qualquer taberna, lá se juntarão os senhores poderosos, alguns deles, que outros os parvos continuarão a não querer aparecer, e lá se perguntar á com toda a certeza; “Então, vai mais um COP?”

Francisco Pereira

 

 

 Voltar

Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Cordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome