Edição online quinzenal
 
Terça-feira 16 de Abril de 2024  
Notícias e Opinião do Concelho de Almeirim de Portugal e do Mundo
 

"País continua injusto." Movimento pelo Interior regressa seis anos depois e desafia partidos políticos

16-02-2024 - Cristina Lai Men/Maria Ramos Santos

Entre as medidas defendidas pelo movimento estão o aumento para 25% do número de estudantes no Ensino Superior na região do interior.

O Movimento pelo Interior renasce seis anos depois e desafia os partidos políticos a olhar para um “país injusto e desequilibrado” durante o período de campanha eleitoral. 

Num artigo de opinião publicado no jornal Público  na quinta-feira, os signatários do texto - Álvaro do Santos Amaro, António Fontainhas Fernandes, Fernando Campos Nunes, José Albino da Silva Peneda, Miguel José Ribeiro Cadilhe, Nuno André Pereira, Pedro Manuel Gonçalves Lourtie e Rui Jorge Santos - propõem a ideia de um "Novo MpI" à Associação do Círculo de Estudos do Centralismo.

Em declarações à TSF, Álvaro Amaro explicou que “o país continua sem a coesão necessária e desejada em termos de justiça de território e pessoas” e que o movimento renasceu “de uma maneira absolutamente construtiva”.

“Desafiamos os partidos porque é uma questão de coragem política, quase diria de verdadeiro pacto para a coesão”, acrescentou o antigo eurodeputado.

Entre as medidas defendidas pelo movimento estão o aumento para 25% do número de estudantes no Ensino Superior na região do interior e o regime especial de IRS exclusivo para esta zona do país. No entanto, Álvaro Amaro sublinhou que um dos objetivos do movimento é que exista uma transferência anual de serviços do Estado para o interior.

“Não se compreende (...) Hoje estamos todos à distância de um clique, porque é que tantos serviços continuam a estar instalados em Lisboa? Nós propomos medidas fortes e, por isso, o nosso desafio aos políticos. Mas, repito, é um desafio construtivo”, atirou.

O Movimento pelo Interior surgiu em 2017 e juntava nomes como os de Jorge Coelho e Rui Nabeiro. Um ano depois, responsáveis deram por terminada a missão após terem entregue um relatório ao Presidente da República, da Assembleia da República e ao primeiro-ministro em cerimónia no Museu dos Coches, em Lisboa.

Fonte: TSF

 

Voltar 


Subscreva a nossa News Letter
CONTACTOS
COLABORADORES
 
Eduardo Milheiro
Coordenador
Marta Milheiro
   
© O Notícias de Almeirim : All rights reserved - Site optimizado para 1024x768 e Internet Explorer 5.0 ou superior e Google Chrome